Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Patrícia Lobo

1 + 3 | Medo

19.08.18 | Patrícia Lobo
Se vocês soubessem o medo que eu tenho de ter medo para sempre...

Sim, eu tenho medo de muita coisa. Sim, sou uma mariquinhas, como o meu pai me chama. Sempre fui assim. Mas quanto mais dizia que tinha medo, mais eu avançava inconscientemente para o perigo. É como naquele momento em que colocas as mãos à frente da cara enquanto vês um filme de terror, mas continuas a espreitar por entre os dedos. 


Se já perdi muitas batalhas para o medo? Sim, muitas no passado. Aprendi, com o tempo, que se não o enfrentasse a vida me passaria ao lado. Tinha medo de perder, então não tinha. Tinha medo de seguir em frente, então nem me mexia. Tinha medo que não desse certo, então nem tentava. Mas quem vive assim?

Aprendi que na vida tudo se consegue enfrentando os medos. "O primeiro passo mata o medo" e não podia concordar mais; porque quando dás o primeiro passo, já não podes voltar atrás. Enquanto tu te intensificas, o medo retrai-se. Tu vives. Tu sentes.

Sim, eu ainda tenho medo de muita coisa. Tenho medo de abelhas e de conduzir no meio da cidade em hora de ponta. Tenho medo de desiludir. Tenho medo de ficar sozinha. Tenho medo da mudança. Mas não tenho medo de levantar a cabeça e "escolher um medo por dia e mostrar quem é que manda".

Este texto faz parte do Desafio 1+ 3

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2