Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Patrícia Lobo

Lugares que procurei

06.05.19 | Patrícia Lobo

guilherme-stecanella-589917-unsplash.jpg

Fonte

 

Encontrei-me, depois de te perder. Não sabia que isso era possível, pois toda a esperança que depositei em nós foi abalada e reduzida a cinzas. Mas, quando batemos no fundo, sabemos que só temos duas hipóteses: ou ficamos na escuridão, ou voltamos a erguer-nos mais alto do que o buraco onde caímos. Optei pela segunda e só precisava de descobrir como lá chegar.

 

A princípio, pensei estar sozinha. Pensei que aquele vazio se teria enraizado em mim. Debati-me. Se todos os sentimentos se foram, tinha apenas de voltar a preencher os seus lugares. E foram lugares que procurei.

 

A fila foi desaparecendo diante dos meus olhos, até chegar a minha vez. Pedi e paguei o meu bilhete. O rapaz do outro lado do vidro sorriu para mim e eu já não me senti só. Vi o sorriso do mundo nos lábios dele quando me desejou uma boa viagem. Senti que a viagem tinha começado naquele mesmo instante. Sozinha eu não estava. Tinha o Mundo para me fazer companhia. Só tive de esperar que o autocarro me levasse ao primeiro destino.

 

Este texto faz parte do projecto Storyteller Dice, do blog As Gavetas Da Minha Casa Encantada.

11 comentários

Comentar post